FILET DE SAINT PIERRE COM MUSSELINE DE AGRIÃO


Ingredientes:

1 filé limpo de Filet Saint Peter de 180 g

3 colheres de arroz cru

4 colheres de sopa de creme de leite

1 colher (sopa) de leite

1 colher (sopa) de suco de lima

1 colher (café) de suco de limão

1/2 clara de ovo

4 xícaras de agrião picado

1 colher (café) azeite

1 colher (café) de queijo parmesão

Pimenta do reino



Preparo:

Cozinhe o peixe ao vapor e cubra com o molho.

Molho:

Em uma frigideira emulsionar suco de lima e limão com creme de leite temperado com pimenta do reino e sal.

Acrescente ao molho pequena quantidade de cebolinha verde e salsinha.

Guarneça com arroz pré-cozido e aquecido no restante do molho.

Acrescente uma fôrma de musseline de agrião. (a musseline monta-se com claras de ovos, agrião, sal e pimenta do reino a gosto e  processados e assados como uma mousse, aquecido na hora de servir).

Bom Apetite!
Qualquer duvida sobre a receita, entre em contato pelo meu e-mail.

PEIXE SAINT PIERRE OU SAINT PETER


Tilápia Saint Peter


Por: Armando Urenha Jr.
Foto/Ilustração: Kid Ocelos

Entre as mais de 100 espécies, a tilápia vermelha é também conhecida por Saint Peter ou Saint Pierre. Pertencente à família Cichlidae, trata-se de um peixe de escamas de água doce, desenvolvida em Israel, que vem sendo introduzida em quase todo o Brasil.

Essa espécie exótica foi generalizada como sinônimo de tilápia vermelha na região sudeste e diversas linhagens vermelhas são assim denominadas. De um modo geral as linhagens vermelhas cultivadas no Brasil apresentam crescimento inferior entre 30% a 50% e uma menor eficiência reprodutiva comparada à linhagem tailandesa.

Essa espécie de corpo um pouco alto, comprimido e cor vermelha tem maior aceitação e valorização em certo nichos de mercado, que as tilápias cinzas, justificando assim o cultivo das vermelhas em algumas localidades.

A boca é terminal tem pequenos dentes, quase imperceptíveis. A nadadeira dorsal divide-se em duas partes, uma anterior espinhosa e uma posterior ramosa. A nadadeira caudal é arredondada e apresenta tons avermelhados. A coloração geral do corpo varia do rosa claro (quase branco) a um tom laranja-claro – laranja-forte.

Algumas linhagens são desprovidas de pigmentação ou manchas escuras, enquanto que outras podem apresentar manchas escuras bem evidentes em diversas partes do corpo.

Seus hábitos alimentares são onívoros. As larvas alimentam-se de plâncton até atingir entre dois e três centímetros de comprimento, a partir desse tamanho, a jovem tilápia é exclusivamente herbívora, embora possam consumir oportunisticamente o que estiver disponível, como plâncton, insetos, vermes e ovos ou alevinos de outros peixes.

Ao atingir os 15 centímetros de comprimento antes de um ano de idade já iniciam a reprodução. Normalmente a primeira se dá no início da primavera, repetindo-se depois de cada seis ou sete semanas. Podem se reproduzir até quatro ou cinco vezes em um ano.

Cada desova se compõem de aproximadamente 1500 ovos. A incubação é oral.

Não é fácil a diferenciação sexual, o exame da cloaca revela que a fêmea possui três orifícios e o macho apenas dois. No macho a abertura genital é um minúsculo ponto, enquanto que na fêmea, após a primeira desova, é uma fenda transversal.

Os machos constroem os ninhos, constituídos de cinco a dez buracos com o diâmetro de aproximadamente de dez centímetros e com cinco centímetros de fundo cada um.

Executam o chamado cuidado paternal, até seus filhotes poderem se virar sozinhos. Se um inimigo se aproximar do ninho, o casal procura atacá-lo, transferindo depois os ovos para outro ninho menos vulnerável. Se um predador não controlar suas populações, tendem a reproduzir de tal forma que somente sobram peixes pequenos ou nanicos.

Depois da eclosão, as larvas permanecem no ninho por seis a oito dias. A seguir saem a passear pelos outros ninhos, formando um grupo protegido pelos pais. Em menos de um mês se tornam independentes, liberando os pais para outras desovas.

Onde encontrar

As tilápias Saint Peter podem ser encontradas em quase todo o nosso país, lembrando que foram introduzidas.

Preferem viver nos lagos e represas, ou ambientes de água parada, embora também possam ser encontradas em rios com águas rápidas. Normalmente não ficam perto de estruturas, permanecendo nos fundos de argila ou areia procurando comida. O verão é a melhor época para encontrá-las.

As tilápias são espécies oportunistas, que apresentam uma grande capacidade de adaptação aos ambientes lênticos. Além disso, suportam grandes variações de temperatura e toleram baixos teores de oxigênio dissolvido.

Preferem ocupar ambientes mais próximos das margens, de água mais rasa, parada ou com pouca correnteza.

Se o ambiente for favorável e houver abundância de alimentos e temperatura ideal, entre 26º e 28 º C, embora possam tolerar temperaturas de aproximadamente 12°C, porém alimentam-se pouco ou quase nada nesse caso.

CREME DE ASPARGOS

Este creme é feito a muitos anos pela minha vovó e eu amo muito....Amo mto a minha avó e a sopa que ela faz...rsrsrsr.
Então resolvi compartilhar deste amor familiar e culinário....espero que gostem....

Ingredientes:
  • 5 aspargos médios em conserva picados;
  • sal a gosto;
  • 1 caixinha (200 g) de creme de leite;
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva;
  • 2 dentes de alho picados;
  • 2 xícaras (chá) de leite integral;
  • 4 colheres (sopa) de farinha de trigo;
  • 1 peito de frango cozido e desfiado;

Preparo da Receita:

Bata no liquidificador a água dos aspargos, a farinha de trigo e o leite até obter um creme e reserve. Coloque o alho numa panela com o azeite de oliva. Leve ao fogo e refogue até dourar. Incorpore o creme, os aspargos e cozinhe, sem parar de mexer, por 8 minutos. Adicione o creme de leite e, assim que ferver, coloque o frango já cozido e desfiado e acerte o sal. Retire o creme do fogo, distribua-o nos pratos e, se preferir, decore com  pimenta rosa ou cebilinha fatiada bem fininha.
Sirva a seguir com um belo filão de pão italiano.

TORTA DE GELÉIA DE MORANGO

Esta torta é uma delicia e mito facil de preparar e o mais legal de tudo é que você pode substituir a geleia de morango, por outra que sua preferencia.

Ingredientes:


Massa:

1 pacote e 1/2 de biscoito maisena

Margarina temperatura ambiente até dar liga (4 a 5 colheres de sopa)

Recheio:

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

Mesma medida de leite

2 unidades de gema de ovo

2 colheres de sopa de amido de milho

Cobertura:

2 caixas de morango

8 colheres de açúcar

1/2 xícara de água



Modo de Preparo:

Massa:

1.Esfarelar o biscoito e misturar com a manteiga em temperatura ambiente

2.Para esfarelar os biscoitos quebre-os o máximo possível e coloque metade do pacote no liquidificador, caso seja necessário coloque um dedinho de água

3.Em uma forma de fundo removível espalhar a massa no fundo e nas laterais; levar ao forno para dourar (2 a 3 minutinhos fogo médio)

Recheio:

1.Misturar todos os ingredientes, menos o creme de leite e cozinhar em uma panela com fogo brando até engrossar, mexendo bem para não empelotar

2.Caso empelotar desligue o fogo e mexa bem e com força

3.Coloque a lata do creme de leite no congelador por 10 minutos para separar do soro, quando tirar do congelador fazer dois furos no fundo e deixar o soro sair e ficar só o creme na lata

4.Quando o mingau esfriar acrescente o creme que ficou na lata e mexa

Cobertura:

1.Colocar os morangos picados em uma panela com água e açúcar, mexer e deixar ferver até os morangos dissolverem e ficar em ponto de calda

Montar:

1.Colocar por cima da massa (quando essa esfriar) o recheio, quando a calda estiver fria colocar por cima do recheio e levar à geladeira por no mínimo 3 horas

QUEIJADINHA DE BANDEJA

Eu adoro receitas simples e com sabores marcantes, esta queijadinha me lembra o interior de São Paulo, onde passava alguns periodos da minha infância.

Ingredientes:


2 xícaras de açúcar refinado

3 ovos

1 garrafa de leite de coco de 200 ml

2 colheres sopa de margarina

1/2 xícara de coco ralado

1/2 xícara de queijo ralado

12 colheres de farinha de trigo

1/2 xícara de leite

1 colher sopa de fermento


Modo de Preparo:

1.Bata no liquidificador o açúcar, a margarina, ovos, coco, queijo ralado e o leite de coco

2.Acrescente o trigo aos poucos e o leite, bata bem

3.Coloque na forma (pode ser redonda ou tabuleiro) untada e enfarinhada

4.Asse em forno médio, pré-aquecido, por cerca de 40 minutos, ou até dourar

PUDIM DE LEITE COM LARANJA

Estou tendo um número muito grande de acessos à procura de pudim de leite, então resolvi colocar esta outra receita de PUDIM, que também é maravilhosa.



Pudim de Leite com Laranja

Ingredientes:

2 latas de leite condensado

Suco de laranja (a medida de 1 lata de leite condensado)

4 ovos

1 colher de amido de milho (Maisena)

10 colheres de açúcar

Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador por 5 minutos.

Enquanto bate, ponha em uma forma de furo no meio o açúcar. Leve

ao fogo e deixe caramelizar. Quando estiver caramelizado, despeje

o pudim e leve ao forno em

banho-maria por 1h20min aproximadamente.

CALDO DE BATATAS

Esta receita simples, facil e rápida de ser feita, está neste blog por motivos das trajédias, por causa das chuvas.
Especificamente por este motivo, resolvi colocar esta receita barata, para ajudar a quem perdeu tudo. Ajude você também ensinando ou me mandando receitas desta mesma natureza para meu email eduardoserato@gmail.com, eu postarei. Obrigado.



30min | 25 porções


Ingredientes:

1 kg de batata

2 cebolas

2 tabletes de caldo knorr

1 peito de frango



Modo de Preparo:

1.Coloque a batata para cozinhar descascada com a cebola

2.Após cozida, leve ao liqüidificador e bata ou amasse para ficar um purê

3.Cozinhe o peito de frango e o desfie

4.Leve a batata batida no liqüidificador ou amassada a panela

5.Coloque o knorr e acrescente um pouquinho de sal se preciso

6.Delicioso esse caldo

PEQUENAS GRANDES FESTAS

O titulo deste post ficou engraçado mais é a pura verdade. Trabalho no ramo de alimentos e bebidas a uns 15 anos. Toda elaboração de eventos como casamentos, cofraternizações para grandes empresas, aniversários, festas temáticas e até pequenas reuniões já participei.
Meu trabalho como Chefe de Cozinha é montar um evento desde o cardápio, até a apresentação e decoração.
Hoje trabalho com pequenos eventos de até 20 pessoas, onde aprender a fazer pratos de alta gastronomia e mostrar como servi-los a seus convidados é um prazer. Eu chamo isso de "Party Chef".

Separei em três fases:
1ª fase - Elaboração do cardapio e o tipo de evento definindo o número de pessoas;
2ª fase - Ensinar como fazer as compras dos alimentos e bebidas;
3ª fase - Ensinar a cozinhar os pratos e montar a apresentação para os convidados.

Faça esta reunião com todo charme de um restaurantes 5 estrelas.
Saiba como pelo meu e-mail eduardoserato@gmail.com

MOLHO ESPECIAL PARA LANCHES

Na hora de fazer um lanche, você quer diferenciar do trivial? Então vou dar uma dica.... o molho é o que faz o lanche ficar diferente, por isso vou passar dois molhos especiais que eu gosto muito.
O primeiro eu chamo de Molho especial " M " e o segundo eu chamo de Molho especial " V ".

Porção para 6 lanches.

MOLHO ESPECIAL "M"
 Ingredientes:

1 pimentão vermelho sem sementes
1 colher de sopa de alcaparras sem sal
5 colheres de sopa de maionese bem cheias
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Batemos no liquidificador o pimentão e as alcaparras até ficar sem pedaços, colocamos em uma travessa para misturar com os outros ingredientes e pronto.

MOLHO ESPECIAL "V"
Ingredientes:

1/3 do maço de salcinha fresca
5 colheres de sopa de maionese bem cheias
1/2 pimenta dedo de moça sem sementes
1 colher de café de açúcar
150ml de água
sal a gosto

Modo de Preparo:

Bata num liquidificador a salcinha e a pimenta dedo de moça com a água, deixando bem liquido, após batido, passe em uma peneira fina, como um suco verde.
Em uma travessa misture esse suco verde com a maionese, o açúcar e o sal.

IMPORTANTE
A textura do molho é um creme, não pode ficar liquido. Dica , coloque os sucos na maionese e vá mexendo até dar o ponto certo.
FICA MUITO BOM COM UM BELO X-SALADA E UMA COCA-COLA BEM GELADA !!!

FEIJOADA TRADICIONAL

Receita de Feijoada para 6 pessoas.


•200g carne seca bovina (lagarto, coxão duro)

•200g costela de porco

•200g pé de porco salgado

•100g rabo suína salgado

•100g orelha de porco salgada

•150g lombo de porco defumado ou salgado

•100g língua bovina defumada

•100g paio fatiado

•100g lingüiça portuguesa fatiada

•50g bacon em cubos

•1 kg feijão preto

•2 cebolas picadinhas

•100g alho picado

•6 folhas louro

•2 laranjas com casca cortadas ao meio

Como fazer:



Limpe bem as carnes salgadas, tirando o excesso de gorduras e nervuras, limpando os pêlos e colocando-as de molho em água por 24 horas, trocando-se a água três a quatro vezes durante este período.



Ferva as carnes salgadas em peças inteiras, durante mais ou menos 20 minutos em fogo forte, e jogue a água fora, pois nela está todo o excesso de gordura. Coloque então as carnes para cozinhar de forma definitiva, já com o feijão, as folhas de louro e as laranjas cortadas em metades, na seguinte ordem: carne seca, pé e orelha. Meia hora depois coloque a língua, o rabo e a costela, e após meia hora, coloque o lombo, a lingüiça, o paio e o bacon, cuidando para tirar e jogar fora, durante todo o cozimento, a gordura que for subindo à superfície.



Em uma frigideira, doure bem a cebola e o alho em duas xícaras de óleo previamente aquecido, colocando na panela do cozimento, junto com as últimas carnes para cozinhar, retirando antes as metades das laranjas, que já cumpriram a sua missão de ajudar a cortar a gordura das carnes.Após duas horas comece a testar o grau de cozimento da carnes com o garfo, pois nem todas chegam ao grau de maciez ao mesmo tempo, retirando e reservando as que já estiverem no ponto.



Quando todas as carnes e o feijão estiverem no ponto, retire e corte as carnes em pedaços pequenos para servir, voltando para a panela com o feijão e cozinhando por mais 10 a 15 minutos em fogo brando.



Sirva com arroz branco e couve refogada no azeite e alho, e uma bela farofa de mandioca.

ABOBRINHA CHINESA COM CAMARÃO

Estava vendo hoje o telejornal e apareceu que a abobrinha é um dos legumes mais baratos esta semana, então pesquisei uma receita com ela...

Tipo de Culinária: Culinária Popular


Categoria: Pratos Principais

Subcategorias: Legumes

Rendimento: 2 porções

Ingredientes:

1 unidade(s) de cebola picada(s)

quanto baste de azeite

300 gr de camarão sete barbas cozido(s)

quanto baste de shoyu

1 unidade(s) de abobrinha em tiras


Modo de Preparo:

Refogue a cebola no azeite, que deve ser colocado em quantidade suficiente para refogar a abobrinha também. Acrescente a abobrinha, e cozinhe rapidamente, para que ela fique "al dente". Regue com um pouco de molho shoyu, coloque o camarão e mexa mais um pouco. Sirva com arroz branco.

Obs: Este prato deve ser feito em frigideira grande.

PRODUTOS DIET & LIGHT

Em busca de produtos sem adição de açúcar, descobri uma empresa maravilhosa.
Faça seu pedido destas deliciosas sobremesas diet.

Feliz Ano Novo!

Que 2011 seja um ano repleto de novidades e alegrias....muita paz, saúde e amor para todos!!!

Receitinha basica de começo de ano.....como nós brasileiros temos a tradição de fazermos banquetes nesta época de festas, precisamos agora diminuir o ritimo na alimentação, e nada melhor que comermos uns lanchinhos...rsrsrs.

Vamos então reaproveitar as sobras de tender, frango, peru, pernil, carnes em geral e montaremos um lanche leve.

Dicas: Podemos desfiar as carnes de aves e fazer um tipo de salpicão.
          As outras carnes bovinas e suínas é só cortar em fatias bem fininhas.

Ingredientes:

100g de carne (escolha o que você tem sobrando)
100g de alface frissê
1 colher de chá de uvas passas sem caroço
1 colher de chá de castanha do Brasil triturada
1 colher de sopa de maionese (caso não tenha feito o salpicão)
1/2 cenoura ralada fina
4 fatias de pão de forma integral

Modo de Preparo:

Segredo de um bom sanduiche, pegue uma frigideira ou em uma torradeira eletrica e deixe os pães levemente dourados. Passe uma camada fina de maionese na parte de dentro dos pães.
Faremos dois lanches, pegue duas fatias de pães para começarmos a montar, colocamos nesta sequencia, as alfaces e cenouras, as passas, as carnes e salpico as castanhas por cima e cubro com o pão.
Pronto.

Fácil e muito rápido.
Dica: para beber um bom suco de laranja ou limão bem gelado.

Bom apetite!